Romance Policial

Nos dias atuais, o Romance Policial é objeto de estudos acadêmicos, que demonstram a sua importância como gênero literário, pois fora considerado literatura de segunda categoria pelos críticos.

A origem do Romance Policial está no livro Assassinatos na Rua Morgue de Edgar Allan Poe, que foi escrito a pouco mais de um século e delineou as principais características desse gênero literário.

Poe inaugura o estilo e também boa parte do procedimento que os detetives do romance policial passarão a adotar, não importando quem o escreveu ou onde a trama ocorre. Por exemplo, quase não há detetive de romance policial que não tenha um parceiro que lhe sirva de “escada” e sua arguta dedução analítica para os fatos. Além, é claro, do ar durão e solitário.

O sucesso do romance policial está intrinsecamente relacionado ao fato de retratar a vida do homem e da mulher comuns, sintetizando seus dramas, angustias, anseios, terrores e esperanças. Os leitores deste gênero são pessoas que consomem tudo que é escrito pelo seu autor preferido, não tem sexo nem idade e lê os livros “de uma sentada só”.Fato comprovado pela simples observação feita em livrarias de universidades e faculdades, quando os professores compravam livros específicos para suas áreas e não deixavam de levar pelo menos um romance policial.

O cinema contribuiu muito, já que os livros de alguns mestres do Policial, como Dashiell Hammett e Raymond Chandler, foram adaptados para o cinema criando o estilo de filme noir. Ambos autores também prestaram serviços como roteiristas para os grandes estúdios de Hollywood.

O romance policial surgiu nos países de língua inglesa e deles provêm a maioria dos bons autores. Nomes como Edgar Allan Poe, Arthur Conan Doyle, Aghata Christie, Rex Stout, Raymond Chandler, Dashiell Hammett, Denis Lehanne, P.D. James, Patricia Cornwell entre outros, frequentemente têm todos ou quase todos seus livros lançados no mercado brasileiro.

Seus detetives e personsagens são tão marcantes que parecem ter a familiaridade de alguém que conhecemos há muito tempo. Quem não sabe os principais cacoetes e manias de Sherlock Holmes, Hercule Poirot, Maigret, Sam Spade, Kay Scarpetta, Nero Wolfe e outros mais?

Há alguns anos o romance policial de origem nacional tomou um novo fôlego e surgiram autores como Luiz Alfredo Garcia-Roza, , que faz das ruas e recantos do Rio de Janeiro o palco das histórias do detetive Espinosa e Joaquim Nogueira, que criou o detetive Venício e tem em São Paulo a sua área de atuação.

Um caso a parte é Rubem Fonseca, que fez de sua experiência como policial enredo para seus livros, onde retrata uma realidade vivida e também seus antigos companheiros de profissão, antes de se tornar escritor.

© Jorge Alberto

14 comentários sobre “Romance Policial

  1. Muito bom seu texto, gosto muito de policiais. Você tem alguma idéia de uma editora especializada em policiais aqui no Brasil, ou que pelo menos se interesse pelo tema (tenho um material terminando)?

    Parabéns pelo texto.

    Curtir

  2. Muito bacana o seu site, Jorge!
    Sou estudante de jornalismo, traça de biblioteca e assídua da FLIP – que foi como eu descobri seu blog.
    Por falar nisso, você tem alguma idéia de que autores brasileiros devem ir? Estou pesquisando loucamente e não consigo descobrir. Se você puder me responder pelo e-mail vou ficar muito agradecida.
    Um abraço,
    Renata.

    Curtir

  3. Sou fã de romances policiais..
    Possuo até um blog dedicado a esse tipo de literatura.

    No momento estou tentando escrever um, mas ando meio sem tempo e por isso não sai das primeiras páginas ainda..

    Parabéns pelo blog..
    Se me permitir colocarei um link para seu blog lá no meu.
    Se estiver de acordo entre em contato..

    http://romancespoliciais.blogspot.com

    Grande abraço

    Curtir

  4. muito boa, sua página!
    descobri por acaso

    li recentement um ótimo livro sobre o desenvolvimento da literatura policial, no mundo e no Brasil: Elementares, do jornalista e tradutor Mário Pontes
    Recomendo!
    abç

    Curtir

  5. esta pesquisa está muito vaga não contem tadas , nem logal tão pouco o autor do 1º romance policial

    Curtir

  6. Muito bom o texto.
    Ah tia, o nome do primeiro escritor de romance policial é Edgar Alan Poe, mas é referido no texto como Poe

    Curtir

  7. Jorge Alberto parabéns pelo artigo, escolhi meu tema de monografia.
    Aimportância da Novela Policial como ferramenta para do desenvolvimento do hábito de leitura: O caso Marcos Rey e a Série vaga-lume.

    Caso tenha material que possa enriquecer meu trabalho favor me enviar.

    Curtir

  8. Vania,

    Obrigado por suas palavras. Quanto ao Marcos Rey, eu acho que há um livro sobre ele que possivelmente trata desse assunto. Vou pesquisar e te mando assim que encontrar.

    Abraços.

    Curtir

  9. Oi Jorge, é a Renata da cia das letras… vc já leu o Larsson que lançamos recentemente? Posso te mandar um! dê notícias !
    Beijos, Renata

    Curtir

  10. Olá, escrevo em plena madrugada de Lisboa, enviando um abraço para o Brasil.

    Estou actualmente a dar um curso de Escrita Criativa Policial, a partir de dois livros de Dennis McShade (pseudónimo de Dinis Machado, falecido há três meses).

    “Mão direita do Diabo” e “Requiem para D.Quixote” foram recentemente reeditados pela Assírio e Alvim (escritos pelo Dinis em 1967).

    Comecei o curso com um poema de Bukowski e a leitura de um conto de Rubem Fonseca (“Belinha”, de “Ela e outras mulheres”).

    O ano passado li vorazmente Patrícia Melo (“O matador” e “Mundo perdido”) e Marçal Aquino (“O intruso”).

    Curtir

  11. Jorge, encontrei seu blog só agora, muito legal esse texto sobre romance policial. Achei, apenas, que você fez uma vaga referência ao autor Rubem Fonseca que é um dos iniciadores desse gênero no Brasil. Li todos os livros dele e assim como Garcia-Roza com seu personagem Espinosa, Fonseca tem um personagem Mandrake que é investigador de crimes.
    Um abraço,
    Calcinha exocet
    calcinhasnarede.wordpress.com

    Curtir

  12. Olá!
    Gostei muito do seu site…Parabéns!!!!
    Estou fazendo minha monografia sobre o romance policial de Rubem Fonseca, Agosto! Me ajudou muito com nomes de outros autores do genero, obrigada!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s