Animais e música: eu não sou cachorro não

São 11 músicas (Bossa Nova, Rock, Chorinho, Hip Hop, Brega, Funk…) e uma faixa bônus, em que os animais aparecem no título e, de alguma forma, uma história sobre o animal ou serve para ilustrar um fato. Atenção para a faixa bônus: uma versão para Inglês ver, ouvir e gargalhar.

musicanimal

O reino animal também é motivo para músicas que encantam os adultos. O critério da seleção obedeceu a dois pequenos detalhes: 1 – o nome do animal deveria constar do título da música; 2 – não foram citadas músicas infantis, visto que sempre tem musiquinha falando de bichinho.

Temos, então, insetos, aracnídeos (aranha não é inseto, ok?), répteis, aves, cães e cavalos. Se você lembrar de outras músicas que obedeçam aos critérios acima citados, será um prazer aceitar as sugestões.

minirecantogaleria Você pode ver e ouvir os vídeos com as músicas na Galeria do Recanto, ou ver e ouvir uma a uma clicando nos nomes das músicas.

 

Rock das Aranhas – Raul Seixas
Atenção para a dedicatória assim que a música começa.

Rock das Aranhas – Dercy Gonçalves/DJ Marlboro
Uma performance impressionante da Dercy Gonçalves numa montagem feita pelo DJ Marlboro, É a versão inversa (êpa!) da composição original.

Mosca na Sopa – Raul Seixas
Ele mistura alguns toques do tipo “ponto de macumba” com batidas de rock para explicar como uma pessoa pode ser tão chata como uma mosca que cai na sua sopa.

Pantera Cor de Rosa (Pink Panther) – Henry Mancini
Composição original para o filme de mesmo nome, dirigido por Blake Edwards.

Crocodile Rock – Elton John
Dizem que o Keith Richards foi perguntado por que os Stones não usavam animais no palco, já que era moda na época. A resposta foi: “Nós já tocamos com o Elton John”.

A Horse With No Name – America
Um dos clássicos dos anos 70. Letra original e tradução para o Português

Who Lets Dogs Out? – Baha Men
Fica a dúvida: Soltaram os cachorros ou fizeram uma cachorrada?

O Pato (Lá vem o pato) – Vinícius de Moraes. Gravação MPB4
Exceção feita às músicas infantis. Afinal, é Vinícius!

O Pato – João Gilberto e Caetano Veloso
Contam que no auge do sucesso dessa música, João Gilberto já estava de saco cheio de cantar. Um dia, num show, ele começou a cantar e a plateia, na hora do “vinha cantando alegremente”, mandou um sonoro QUÉN! QUÉN! (Sem trema perde a graça, não?), e ele se levantou do banquinho para não voltar mais.

Tico-Tico no Fubá – Carmem Miranda
Chorinho clássico composto por Zequinha de Abreu. Até Woody Allen gostou. Há uma cena no filme Radio Days, em que Denise Dumont interpreta a música cantando em Português e Inglês. A orquestra é do genial Tito Puentes. Na sequência toca South American Way, com Carmem Miranda . Os atores “dançam” conforme a música.

Eu não sou cachorro não – Waldick Soriano
Clássico dos clássicos da música brega. Que homem não cantou baixinho esta música após um grande amor desfeito?

Imperdível interpretação do autor dessa pérola do cancioneiro nacional acompanhado de forma entusiasmada pela plateia.

Faixa bônus para os gringos: Falcão em sua magistral interpretação da versão de Eu não sou cachorro não, denominada. I´m not dog no.

Anúncios

4 comentários sobre “Animais e música: eu não sou cachorro não

  1. Essa música do Vinícius O Pato fez parte da minha infância! Raula com sua mosca da minha adolescência e agora.. tem vários bichos na minha vida..rss

    bjs

    Curtir

  2. ow, O Pink Floyd tem um album inteiro com musicas com nomes d animais… “animals” bem legal

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s