Abricó de macaco: um cheiro forte

O Rio de Janeiro sabidamente é uma das mais belas cidades do mundo, mesmo que ainda enfrente problemas que sejam comuns a todas as megalópoles, a nossa topografia ajuda um pouco mais para que determinados fatos sejam mais presentes e os meios de comunicação adoram explorar esse lado, que teve origem no descaso público desde a última reforma urbanística, o famoso “bota abaixo”, do início do século XX.

Anos depois, o Rio de Janeiro foi, remodelado em algumas regiões como o Aterro do Flamengo, por exemplo. Algumas praias desapareceram e alguns recantos foram criados. E nesse novo plano urbanístico, adotaram-se várias árvores para embelezar a paisagem. O que a gente não sabia, e agora fica sabendo, é que uma das árvores mais adotadas foi (é) o abricó de macaco (Couroupita guianensis), que é uma árvore ornamental. Dá uns frutos esféricos e a sua floração é bem impressionante. Veja a foto.

abricodemacaco01 
Foto Franz Xaver. Fonte: Wikipedia

O que impressiona além de sua beleza é o odor proveniente da decomposição de suas flores e frutos. É desagradável ao olfato mais sensível. Quando o fruto cai, estoura (ficando azul por dentro) e o cheiro da decomposição fica mais forte ainda. Mais impressionante ainda é que neste ano, a partir de junho mais ou menos, o odor tomou conta de um pedaço da Lapa, o que dá para os lados do Passeio Público, um micro bosque bem no meio do centro da cidade e pouco conhecido pelos cariocas de outras latitudes que não costumam visitar essa parte da cidade.

Tive notícias que em Botafogo o odor também está um tanto acentuado e eu próprio já o identifiquei na altura da Praça da Bandeira. Também há uma grande quantidade dessa árvore na UFRJ, na alameda que dá para a Avenida Venceslau Brás.

Botânicos, paisagistas, urbanistas e arquitetos, o que devemos fazer? Usar máscaras cirúrgicas ou gastar tubos e mais tubos de odorizadores?

Veja mais informações sobre o abricó-de-macaco no blog Imaginação Ativa.

Se tiver interesse científico/paisagístico: Árvores e Arbustos nativos do Brasil

Anúncios

2 comentários sobre “Abricó de macaco: um cheiro forte

  1. Eca!!! Olha Querido, vc tem razão mesmo… já senti esse odor desagradável… a Glória que é ali bem próximo também está investida dessas árvores…

    bjssss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s