França.Br – 2009, o ano da França no Brasil

Em comemoração ao Ano da França no Brasil, que é uma retribuição ao "2005, ano do Brasil na França",  os governos do Brasil e da França programaram uma série de eventos, que terão início com a vinda do presidente francês Nicolas Sarkozy,  em dezembro de 2008, para apresentar aos brasileiros esse país que, mesmo que muitos não saibam, já foi um modelo cultural para os brasileiros, tanto que até as primeiras décadas do século XX,  se poderia dizer que o Brasil era um país francófilo, tamanha a influência cultural que recebíamos,  e, daí em diante, a língua inglesa e a cultura anglo-saxônica – Inglesa em um primeiro momento e norte-americana posteriormente -, devido aos grandes investimentos em ferrovias, indústria têxtil, máquinas de beneficiamento de café, exportação deste produto e empréstimos bancários entre outros fatores e, numa segunda fase, a partir de meados da década de 1930 e mais fortemente com o fim da Segunda Grande Guerra, a influência cultural e econômica dos Estados Unidos se tornou a dominante que, hoje, até estranhamos saber que usamos palavras ainda com a grafia do idioma francês como "vitrine" (vitrina), "garage" (garagem), abat-jour (abajur), glacê (cobertura de bolo) e muitas mais.

Calendário dos eventos  fornecido pelo portal do Ministério da Cultura.

Momentos marcantes do Ano da França :

22/23 de dezembro de 2008: anúncio oficial do França.Br – Ano da França no Brasil, por ocasião da visita do Presidente Nicolas Sarkozy ao Brasil

Abril

21 de abril de 2009 (pela manhã): Comemoração da Inconfidência Mineira em Ouro Preto com homenagem especial à França
21 de abril de 2009 (à noite): grande evento de abertura do Ano da França, no Rio de Janeiro com um espetáculo de pirotecnia do Groupe F, famosa companhia francesa responsável por eventos como a abertura e encerramento dos jogos olímpicos em Atenas, homenagem ao Brasil na Torre Eiffel em 2005, etc.

Abril / maio : Festival de Ópera de Manaus, homenagem especial à França
Abril/ maio: Turnê da Orchestre des Champs-Élysées em varias cidades

Maio

Virada Cultural em São Paulo com a participação de diversos grupos de teatro de rua franceses
Festival Mundial do Circo em Belo Horizonte com participação especial de um grande numero de artistas circenses franceses.
Exposição sobre a língua francesa no Museu da Língua Portuguesa em São Paulo
Exposição da Coleção de Arte Contemporânea da Renault e Exposição do Institut Lumière de Lyon no Museu Oscar Niemeyer de Curitiba
Maio: 30° aniversario dos acordos universitários franco-brasileiros CAPES/COFECUB em Salvador
Maio a setembro: Ciclo de colóquios e debates «Les Espaces Temps du Brésil», organizado pelo Institut d’Etudes Politiques de Paris em Sao Paulo, Brasilia, Manaus e Salvador

Junho
Station Brésil, grande itinerância de shows da nova musica francesa em São Luís, Brasília, Sao Paulo, Rio de Janeiro e Salvador.
Evento “Paixão Francesa” na São Paulo Fashion Week (SPFW).
França, convidada especial do Salão HOSPITALAR em São Paulo
21 de Junho: Festa da música francesa em Vitória

Julho
Homenagem especial à França no Festival de Musica Clássica de Campos do Jordão
Caravana de escritores franceses na Festa Literária Internacional de Paraty (FLIP).
Apresentações do grupo de teatro de rua Transe Express com itinerância em diferentes cidades

Setembro
7 de setembro: Visita Oficial do Presidente Nicolas Sarkozy em Brasília. Desfile de um batalhão militar francês, desfile da Patrouille de France, grande evento de iluminação e projeção de imagens assinado por Jorge Orta em 3 prédios emblemáticos da capital, show de música com Orlando Moraes, Youssou ‘N Dour, Cláudia Leite, Ney Matogrosso, Patrick Bruel, Zazie e Zeca Pagodinho
8 de setembro: grande show de musica francesa e africana em São Luis do Maranhão, por ocasião do aniversário da cidade.
8 de setembro: Fórum sobre o papel das empresas no desenvolvimento sustentável em Brasília
Setembro: Exposição de Matisse na Pinacoteca do Estado de São Paulo
Setembro: inauguração do restauro do quadro de Nicolas Poussin, pertencente ao MASP em São Paulo
Setembro: Exposição de esculturas de Jean Antoine Houdon no Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro
9 a 12 de setembro: Seminário Meio Ambiente e Energia, em Brasília, organizado pelo Ministério do Meio Ambiente, energia e desenvolvimento sustentável
Setembro: Congresso Nacional de Professores de francês em Brasília.

Novembro
10 de Novembro: Fórum Econômico organizado pela Câmara de Comércio Franco-brasileira em São Paulo
15 de novembro de 2009: grande show público de encerramento do Ano da França no Brasil em São Paulo

Datas a definir
Grande concerto em Recife da Orchestre National d’Ile de France com cerca de 100 jovens coristas franceses e o músico brasileiro Lenine
Ciclo de conferências do Collège de France
Durante todo o ano: Festivais de cinema francês em diversas cidades brasileiras e eventos cinematográficos na
Cinemateca brasileira em São Paulo
Durante todo o ano: Festival itinerante de gastronomia francesa
Setembro/Outubro: Fórum franco-brasileiro BRAFITEC de engenheiros formados nos dois países (São Paulo)
Outubro: França, convidada especial da Feira do Livro de Porto Alegre
Outubro: França homenageada na Casa Cor em São Paulo e Rio de Janeiro
Novembro: Inauguração do Centro de Música Negra de Salvador
Novembro: Fórum franco-brasileiro sobre Ensino Superior e Pesquisa em Brasília

Leia também:

Anúncios

4 comentários sobre “França.Br – 2009, o ano da França no Brasil

  1. Comme était bon de parler Français… Mais uma vez parabéns pelos seus textos.

    Curtir

  2. Sera que este tanto de bombas que
    o Sarkô ta vendendo pro Lula é pra
    soltar nestas comemmoração?

    Curtir

  3. … e esta historia de
    privatizar o mar
    do Brasil?
    Tem alguma coisa a ver?
    Os peixes do primeiro mundo
    estão acabando…
    ai eles estão querendo acabar com
    os peixes do Brasil também!
    Essa não!
    Leva seus barcos pra la…!

    Curtir

  4. Já houve um, digamos, entrevero entre o Brasil e a França por conta da pesca. No caso específico, o De Gaule parece ter declarado que o Brasil não era um país sério por conta de algumas lagostas. 🙂

    Quanto as bombas, eu não sei. Talvez seja para as festa juninas… Anarriê. 🙂

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s