Foi descoberto o local em que Robinson Crusoé viveu

Muito provavelmente você deve ter assistido ao filme “O náufrago”, com Tom Hanks. Todos sabemos que foi sucesso mundial de bilheterias e há cenas realmente interessantes como, por exemplo, quase no final, quando ele retorna e vê que no chaveiro que guardava as chaves do carro, também havia um item de enorme importância que teria facilitado em muito a sua sobrevivência na ilha, ou seja, um canivete suíço.

Fac-Simile da 1a. edição
Fac simile da 1a. edição (1719)

Imagine, então, como um homem sobreviveria solitariamente numa ilha há cerca de 300 anos. Difícil, não? Pois foi justamente o que Alexander Selkirk, o marinheiro escocês fez – e escolheu fazer – quando decidiu deixar o navio em que estava para viver numa ilha deserta, cerca de 750km de distância da costa chilena. Para quem não sabe, Selkirk e sua história são verdadeiros e motivaram Daniel Defoe a escrever o clássico da literatura universal Robinson Crusoé. Apenas no Brasil o nome do personagem é acentuado.

Segundo agências de notícias, arqueólogos descobriram o local exato em que Silkirk/Crusoé viveu. O artigo foi publica na revista acadêmica Post-Medieval Archaeology. Foram encontrados alguns apetrechos e, possivelmente, restos de um abrigo feito por ele.

A história é emblemática, pois envolve diversos fatores como, a quase onipresença da marinha britânica no mundo. Marinha que foi responsável pelo alargamento e consolidação do império britânico, aquele em que diziam que “O Sol jamais se punha”. Também podemos citar o fato de que esse livro foi um dos primeiros a inagurarem o Romance como estilo literário [Leia o artigo sobre esse estilo literário aqui no Recanto das Palavras] e seu sucesso foi tamanho que derivações da história original são escritas e filmadas, como o filme citado e até Marte serviu como pano de fundo para um filme (que já vi) chamado “Robinson Crusoe on Mars”.

Localização da Ilha de Robinson Crusoé

Ilha de Robinson Crusoé

Coleção de capas de algumas das diversas edições desse clássico da Literatura

Veja uma coleção de capas

Leia o artigo na íntegra no site do Estadão.

Anúncios

5 comentários sobre “Foi descoberto o local em que Robinson Crusoé viveu

  1. Jorge,

    Já vi esse filme do Hanks e acho que algum sobre o Crusoé,é uma história romântica e também angustiante de um aprisionamento num local paradisíaco.

    Acho que muitos tem nele como ideal de umas boas férias,há uma certa misticidade natural de sentir desta forma numa ilha isolada o tempo,a natureza marítima e ambiental…por isso esta história do Defoe vem-nos acompanhando ao longo da literatura.

    Abraço amigo,agora vou ver o local no Google Earth. 🙂
    joao

    Curtir

  2. Oi Jorge.
    è sempre bom vir aqui e aprender um pouco mais com vc.
    Beijinhos e que seu final de semana seja repleto de alegrias e um bom repouso.
    Carinho de RO!

    Curtir

  3. nosssa adorei esta edição sobre crusoe.eu já tinha muito ouvido falar nesta história. já assisti “náufrago”. muito bom! está de parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s