A Dieta do Homem das Cavernas

Esqueça aquelas dietas da moda: dieta do grapefruit, a dieta de South Beach, a dieta da   20061031_neander_0 sopa de repolho, ou a mais recente dieta de inanição da Posh Spice. Há apenas uma dieta real com a qual o ser humano deve se preocupar, a paleodieta, também conhecida como Dieta do Paleolítico ou Dieta do Homem das Cavernas, que, na sua forma mais básica é constituída por aquilo que os nossos antepassados caçadores-coletores teriam comido.

Quem disse? Ray Mears, um apresentador de programas da BBC que tratam de técnicas de sobrevivência em ambientes selvagens. Você pode vê-lo, também, no Discovery Chanel do Brasil. Ele está qualificado para se pronunciar sobre essas questões, porque já passou mais de uma década pesquisando aquilo que os nossos antepassados longínquos utilizavam para sobreviver. Ele também passou semanas em estado selvagem se alimentando apenas de nozes, bagaços e carne magra. Estas, acredita, são a chave para evitar doenças e morte prematura, que sempre estão associadas ao nosso consumo excessivo de açúcar refinado ocidental e de carboidratos.

“Nossos antepassados eram caçadores-coletores que comiam carne e peixe. Eles tinham uma dieta completamente diferente da nossa, hoje, e se fôssemos comer as mesmas coisas de sua dieta alimentar, estou certo que não ficaríamos tão mal “, diz Mears. “Continuamos a ter um corpo da Idade da Pedra. Temos mentes modernas, mas os nossos cérebros e corpos continuam a exigir a mesma comida.”

Mears agora está aboletado sobre um sofá de couro, observando do último andar de um hotel o centro de Londres. Ele promove seu último livro, mas você pode dizer que ele prefere estar em algum refúgio no Ártico . Ele aperta a minha mão com a força bruta de um homem habituado a friccionar gravetos para obter fogo, e, eventualmente, atraindo a atenção de um garçom, ele ordena um sanduíche de bife, batatas fritas e uma Coca-Cola diet.

Er. . . desculpem-me?, disse. “Ainda sou um comilão dessas coisas ruins”, com um sorriso amarelo. “Todos nós precisamos de gordura e açúcar, porque são difíceis de encontrar em estado selvagem. O problema é que nós os tornamos mais fáceis de obter através da comida processada industrialmente. “

Mears não é o primeiro a dar dicas de saúde a partir da vida dos homens da cavernas. A chamada Paleo Dieta (do paleolítico, ou idade da pedra antiga) e o termo foi usado pela primeira vez e generalizado por Walter L Voegtlin, um gastroenterologista, através do livro “A Dieta da Idade da Pedra: Com base em estudos em profundidade de Ecologia Humana e da Dieta do Homem”, que foi publicado em 1975.

Aplicando princípios da medicina evolutiva, Voegtlin foi de opinião que a moderna genética humana pouco mudou desde o advento da agricultura, a cerca de 10.000 anos, e que a melhor dieta para o homem moderno ainda é a do caçador-coletor. A Paleo Diet consiste de carne, peixe, legumes, raízes, frutos e nozes, em vez dos produtos de animais domesticados e as culturas industrializadas – como laticínios, cereais, açúcar refinado e carboidratos processados.

Um dia típico para Mears começa com uma taça de frutas, seguido de um almoço de salada de cogumelos silvestres e carne de cervo, mas diz que seus novos hábitos alimentares já lhe deram um novo fôlego. “Eu não sou um nutricionista, embora eu tenha falado sobre isso com nutricionistas. Estou fazendo isso porque me sinto bem.”

“Alguns dos nossos antepassados comeram alimentos que eram bastante amargos e você não gostaria disso”, admite. “Mas avelãs cozidas são realmente boas e bitter-cress (um tipo de agrião bem mais amargo) é fantástico – que não se aproveita em saladas. Pode obtê-lo durante todo o ano e que irá crescer em muitos lugares, mesmo nessa floresta de concreto em volta, mesmo por aqui “, diz ele.

A Dieta do Paleolítico, tendo por inspiração a dos nossos antepassados caçadores-coletores, é baseada na premissa de que os nossos sistemas digestivos têm evoluído muito pouco nos 10000 anos ou desde o começo da agricultura, para que nossos corpos sejam melhor adaptados a uma dieta pré-agricultural.

A sua importância, hoje, se deve ao aumento da obesidade e diabetes, e preocupações com nutrientes nas pobres dietas ocidentais e isso reavivou o interesse na dieta do paleolítico. Os homens das cavernas comiam caça, mariscos, frutas, legumes, raízes e sementes.

Portanto, não se deveria comer açúcar refinado, alimentos processados, um pouco menos de lacticínios e os cereais à base de hidratos de carbono que formam a base do nosso café da manhã, almoço, super sanduíches e massas. Sem mencionar os óleos e gorduras.

Tudo isso e muito mais está no livro que Mears acaba de lançar, chamado Wild Food, que não é um livro de dieta, mas uma forma de ensinar a reconhecer plantas que são comestíveis e que nossos antepassados se refestelavam em comer.

Leia o artigo O que comer? Breve (e algumas) história(s) da comida.

Saiba mais sobre a Paleodieta

Anúncios

11 comentários sobre “A Dieta do Homem das Cavernas

  1. Concordo. Muito dificil seguir essa dieta. Claro, a não ser que você viva em uma cabana perto da floresta, caçar e colher.

    Acho que só comprando os ingredientes ela não faria o mesmo efeito. =)

    Curtir

  2. Caro Marcos,

    Muito obrigado por sua arguta observação. Creio que você, por suas palavras, seja uma pessoa bastante inteligente e, por este mesmo motivo, por ser inteligente, não seja arrogante.

    Se você não sabe, permita-me informar, que erros acontecem. Acredito, também, que você deveria experimentar trabalhar como revisor de textos que venham a ser publicados e emita os mesmos comentários para os autores que enviem originais para sua, repito, arguta observação.

    Não consigo vislumbrar outro objetivo que não seja o de alertar, e até mesmo corrigir erros e enganos contidos em traduções; pois, não posso imaginar que alguém queira mostrar algo que supostamente venha a saber, usando palavras que possam representar arrogância e pseudosabedoria, como ficaram expostas em suas palavras.

    Jorge Alberto

    Curtir

  3. Muito bom este artigo! Sou nutricionista e não conhecia esta dieta. Realmente uma alimentação baseada em carnes magras, grãos, frutas e verduras trazem excelentes benefícios ao corpo humano.

    Curtir

  4. Faz 15 meses que comecei uma reeducação alimentar e hoje pratico uma alimentação muito parecida com a dos homens das cavernas. Resultado?: perdi 10 desnecessários quilogramas, minha energia sexual voltou com força total, nunca mais fiquei doente, entenda-se por: nunca mais tive um resfriado, uma gripe ou infecção de qualquer tipo. Não há dificuldade alguma em seguir esta dieta, visite nos supermercados somente as seções de verduras, frutas, peixes e produtos naturais, fuja das seções de confeitaria, laticínios, doces e salgados em geral e de alimentos enlatados industrializados. Viva leve, de bem com o corpo, a mente e o espírito. A mudança pode ser paulatina como eu fiz, vá mudando aos poucos, substitua aos poucos os alimentos poucos saúdaveis por outro saudável. Você não vai se arrepender. Você servirá de exemplo para que outras pessoas da família também mudem de dieta e evitará doenças naqueles a quem quer bem. Você poderá ser taxado de natureba ou outro termo do genêro, mas somente quem teve problema sério de saúde ou em pessoas da família, relacionados com a alimentação pode entender plenamente a importância de uma dieta saudável e aos poucos poderemos influenciar e estimular pessoas a se alimentarem melhor e viverem mais saudáveis.

    Curtir

  5. Paulo, seu relato é muito interessante. Em alguns países, a obesidade já é encarada como um problema de saúde pública.

    Obrigado pela visita.

    Abraços.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s