Um jogo de morte: Dynamo Kiev x Luftwaffe

gramado01a

“Bem, vocês praticam um excelente futebol e nós apreciamos. Só que, agora, no segundo tempo, vocês devem perder. Saibam que a equipe da Luftwaffe jamais foi derrotada, especialmente em território ocupado. Isto é uma ordem. Se vocês não perderem serão mortos”. (General Major Erberhardt, das Forças Nazistas de Ocupação)

 

pactoribmolotov

Em 1939, Hitler e Stálin assinam um pacto de não-agressão, posteriormente chamado de Pacto Ribbentrop-Molotov.

Durante cinco anos (1939-1944), a Alemanha se comprometia a não invadir a União Soviética e a esta cabia não declarar guerra à Alemanha devido a invasão da Polônia.

Na foto, Stálin está ao fundo enquanto Molotov, seu ministro, e Ribbentrop assinam o pacto.

luftwafe

O pacto foi quebrado por Hitler em 1941, e a Luftwaffe, a força aérea alemã, bombardeia o território soviético.

kiev

Detalhe de Kiev após um bombardeio. Era a terceira maior cidade do país, capital da Ucrânia, região considerada o celeiro da União Soviética. Essa foi uma das mais brutais ocupações que já se vira até então.

ss

O objetivo de Hitler era tornar a Ucrânia o celeiro da Alemanha e fazer do povo ucraniano, de origem eslava, seus escravos. Foi, também, uma batalha ideológica. De cada lados, os extremos políticos da esquerda e da direita.

Como não reconhecia o direito histórico de nenhum povo ao território que ocupava, que não fosse consagrado pela força, Hitler não via embaraço nenhum em ir algum dia tomar de assalto as terras do Leste, as estepes russas, então nas mãos do judaico-comunismo, segundo suas palavras. Além disso, insistiu que nenhuma nação é potência sem ter vastas extensões de terras sob seu domínio.

russo

O inimigo é cruel e impiedoso. Quer a nossa terra, o nosso trigo e o nosso petróleo. Visa a restauração do poder do latifúndio, ao restabelecimento do Czarismo e a destruição da cultura nacional dos povos da União Soviética quer fazer-nos escravos de príncipes e barões germânicos. (Stalin)

garrincha

O futebol é o único esporte onde o menor pode ganhar do maior ou o menos capacitado pode pregar uma peça na excelência técnica e física do adversário. Por isso – entre outros motivos – é o esporte mais popular do mundo. O futebol é o único esporte do mundo onde um homem com as pernas tortas consegue ultrapassar – e vencer – os adversários.

nikolaitrusevich

Após a invasão da União Soviética por tropas alemãs, estes decidiram fundar uma liga de futebol para mostrar a sua supremacia racial (e ideológica) sobre os vencidos. Quase por acaso, o dono de uma padaria em Kiev encontra Nicolai Trusevich (foto), o antigo goleiro do Dynamo, que antes da invasão, fora um dos maiores times da Europa. Decidem, então, montar um novo time reunindo ex-jogadores do Dynamo e do Lokomotiv. Surgindo o FC Start.

fcstart

Foto do FC Start (camisas escuras) e do time alemão (camisas claras) no dia da partida contra a equipe formada pela Luftwaffe. Essa equipe foi formada pelos jogadores sobreviventes da invasão e  que estavam longe de uma preparação física ideal para enfrentar a bem treinada e forte equipe da Luftwaffe.

cartaz

Cartaz em Russo e Alemão anunciando o jogo, que se realizou em 9 de agosto de 1942.

Nunca um esporte e uma partida representaram tanto para um povo. A vitória sobre a equipe alemã, encheu o povo de Kiev de orgulho, mas os jogadores pagaram com a vida, mesmo sendo ameaçados pelo comandante alemão da região que fora ao vestiário no intervalo do jogo, quando o FC Start já vencia por 2 x 1.

monumento

Monumento que está na sede do Dynamo Kiev, em homenagem aos jogadores que participaram dessa partida de futebol

A partida foi vencida pelo FC Start pelo placar de 5 x 1. Alguns jogadores foram mortos, outros foram deportados. Em outras partidas os alemães invariavelmente foram derrotados. Humilhação total.

  • Essa história serviu de base para o roteiro do filme Victory (1981), de John Huston, tendo no elenco Pelé, Sylvester Stalone, Michael Caine, Bobby Moore, Osvaldo Ardilles entre outros atores e jogadores de futebol
  • Você também pode baixar e ver esse artigo em forma de Slide, com direito a alguns efeitos.
Anúncios

3 comentários sobre “Um jogo de morte: Dynamo Kiev x Luftwaffe

  1. Pingback: Trackback
  2. Legal, só há alguns pequenos erros na história, de acordo com uma entrevista dada por Maker Goncharenko, ponta esquerda do Dínamo e do FC Start, em 1992. Goncharenko foi um dos sobreviventes do dínamo e faleceu em Kiev, em 1996.

    Segundo ele, o jogo final – que era uma revanche, já que o time alemão (o Flakelf) tinha perdido a primeira partida – teve o resultado de 5×3 para o dínamo e não 5×1 como está no teu texto.

    Também segundo ele os jogadores receberam duas visitas de oficiais alemães ao vestiário; uma antes do jogo e outra no intervalo, sendo que o oficial da SS que foi ao vestiário antes da partida também era o árbitro do jogo, mas em nenhum momento eles disseram explicitamente que eles deveriam perder, apenas “deixaram no ar” essa idéia.

    Os alemães também não fundaram uma liga de futebol para mostrar sua superioridade racial. Essa “liga” foi criada primeiramente para manter a população local ocupada e criar uma falsa propraganda de vida melhor sob o jugo nazista do que sob o domínio de Stálin. A idéia política da imposição da superioridade alemã só veio depois do dínamo vencer partida após partida.

    Uma dica de leitura dessa história é o ótimo livro “Futebol & Guerra – Resistência, triunfo e tragédia do Dínamo na Kiev ocupada pelos nazistas”, de Andy Dougan, que ficou alguns anos vasculhando documentos, ouvindo depoimentos e, inclusive, a gravação da entrevista dada por Goncharenko sobre o episódio, para pode escrever a história dos heróis do Dínamo.

    abs, e gostei mesmo do teu blog..
    Al Bresson

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s