É no teu prumo que eu me oriento – Presentes

Confesso que não sei receber presentes. Sinto-me extremamente encabulado com isso. Fico sem jeito e até mesmo acho que não agradeço suficientemente. Ao mesmo tempo, acho bacana agradar as pessoas que se sentem bem com minha presença e que eu gosto. Não, não tem qualquer psicologismo nisso. É apenas um jeito de ser.

Pois, foi nisso que pensei ao rever um vídeo da música “Presentes”, do Kleber Albuquerque, na belíssima voz da Eliana Printes.

Interessante como, na letra da música abaixo, parece que se faz de tudo para agradar a amada com vários presentes. A vontade é tanta, que acaba sem saber o que presentear. Porém, a frase que demonstra o verdadeiro sentimento diz que “É no teu prumo que me oriento”. Pois é… cadê a bússola?

Que presentes te daria?
Uma estrela vã do firmamento
Pra iluminar o vão do pensamento

Uma tevê na garantia
Árvores plantadas no cimento
E teu perfume na rosa-dos-ventos

Um novo ritmo da Bahia
Cartas de amor com frente e verso
E meu percurso nesse universo

Nas horas sem fim
Em que a dor não tem mais cabimento
É no teu prumo que eu me oriento

Catedrais de alvenaria
Senhas pra não mais perder a vez
Casa, comida e um milhão por mês

Anúncios

3 comentários sobre “É no teu prumo que eu me oriento – Presentes

  1. Oi querido amigo!
    É bom receber presentes,mas as vezes uma palavra e um abraço, valem mais que mil presentes.
    Adorei a musica. Diz tudo em poucas palavras.
    To procurando a bússula,,rsss
    Carinho de RO!
    Que seu final de semana seja iluminado.

    Curtir

  2. Que bonitinho Jorge!

    vergonha de mimo???

    Aceitas?RSRSRSRSR BRINCADEIRINHAAAAAAAAAAAAA

    “Catedrais de alvenaria
    Senhas pra não mais perder a vez
    Casa, comida e um milhão por mês….”

    Curtir

  3. Pior do que o constrangimento inicial ao receber um presente, seja ele de que natureza for, é não saber como retribuir… Nunca espero que retribuam meus presentes. E tenho mais prazer em dar presentes do que em recebê-los. Talvez por isso haja essa preocupação… Sei lá! Freud deve explicar… Bjs e inté!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s