Uma versão da Canção do Exílio por uma brasileira no Japão

Hoje pela manhã, eu vi que havia uma mensagem de uma brasileira que mora no Japão e está lá por causa de uma bolsa de estudos. Disse-me, e vocês lerão abaixo, que bateu aquela saudade do Brasil e ao ler o post Canção do Exílio e outras versões, acabou por escrever uma versão pessoal muito, mas muito bacana mesmo.

Olá,

Bem, meu nome é Marcia, sou de São Paulo e estou no Japão agora, com uma bolsa de estudos.

Fiquei com saudades da minha terra, abri este site e adorei!

Eu já gostava do poema, mas só quem está fora do país é que pode entender o profundo dele.

Então, resolvi deixar a minha versão do poema que eu mesma escrevi, com tudo de que sinto falta em terra niponica.

Canção do Exílio in Japan

Minha terra tem palmeiras
Onde canta o sabiá
As aves daqui não gorjeiam
Aqui tem corvo que faz cráá

Nossas casas tem mais flores
Nossas ruas, mais espaço
Nossos bosques tem mais vida,
Nossa vida, mais sabores.

Em cismar sozinha à noite
Mais prazeres encontro eu lá
Minha terra tem churrasco,
café forte e guaraná.

Tem coxinha e pão de queijo,
Pão francês com mortadela,
tem beijinho, brigadeiro,
Prestígio, Bis, Diamante Negro.

Tem laranja, tem banana,
Maracujá, cupuaçu e açaí.
tem loiras, tem morenas,
tem metrô até o Tucuruvi.

Em cismar sozinha à noite,
Mais stress encontro eu cá
Quero ir cantar na igreja,
E igreja aqui nem há.

Não permita Deus que eu morra
Sem que eu volte para lá
Minha terra tem Palmeiras,
Tem Corínthians, tem São Paulo,

churrasco, café forte e guaraná.

Um abraço forte,
e parabéns pelo site.

Em homenagem a esta menina que sentiu saudade do churrasco, café forte e guaraná, mostro abaixo a letra de uma música do Itamar Assunção (o pessoal deveria prestar mais atenção a obra deste cara), que foi gravada pela Cássia Eller.

Sonhei que viajava com você
(Itamar Assumpção)
Sonhei que viajava com você num galeão
Que navegava pelo mar sem medo de tubarão
Para o Oriente sempre em frente íamos então
Longe da nossa casa longe do nosso sertão
A sós a bordo pelos mares destino Japão
Um baú com samba caipirinha com quentão
Pra tocarmos com arroz karatê meditação
Pra trocarmos com ninja tatame com precisão
Sonhei que viajava com você em um balão
Que flutuava muito acima de um vulcão em erupção
Para o Oriente vento quente pés longe do chão
Voava sem ter asas como a imaginação
Nós dois bem alto sãos e salvos rumo ao Japão
Numa sacola mel laranja manjericão
Pra trocarmos com saquê com choiú dedicação
Pra trocarmos com judô afurô com decisão
Sonhei que viajava com você num avião
Que deslocava-se quebrando a barreira do som
Para o Oriente velozmente era a direção
Batia suas asas a nave total perfeição
Pra ser exato voávamos indo para o Japão
Na mala cuia carne-seca farinha e feijão
Pra trocarmos com sushi com banchá com devoção
Pra trocarmos com hay kai samurai com vídeo som

E você que está aí longe daquele feijãozinho com torresmo, longe da praia, dos amigos e do brasileiríssimo aconchego, por acaso também teria uma versão para a canção do Exílio?

Anúncios

2 comentários sobre “Uma versão da Canção do Exílio por uma brasileira no Japão

  1. Ainda não sofri exílio com a colega no Japão, mas deve fazer falta tudo o que temos aqui, gostei muito da versão dela. Ah, obrigado pela dica do livro sobre Lilith, uma vez pesquisei para comprar e achei o que você me indicou, mas fiquei com medo de ser picaretagem, livros bons sobre este tipo de assunto estão ficando escassos ou não são mais editados. Obrigado mesmo.

    Curtir

  2. Cássio,

    Eu imagino que a distância dos nossos referenciais culturais seja bem dolorida mesmo.

    Bacana você ter aproveitado a dica sobre o livro do Roberto Sicuteri.

    Grande abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s