Mais um poema bobo

Head and shoulder portrait of clown. © Bettmann/CORBIS, Cerca de 1910

Como é difícil buscar palavras quando o coração está vazio.
Parece que não há fio e muito menos pavio.
Para fazer explodir a paixão sem rodopios.
Como é estranho ter o coração frio.
É complicado querer dizer que o amor morreu
Que culpa tive eu?
Quando disseram palavras caluniosas e insensatas tudo feneceu.
O que será que aconteceu?
Eu pensava estar desobrigado
De provar as incertezas de um fardo
E agora… ouço um triste fado
Como fazer para tudo voltar?
Não há mais nada que se possa tentar.
Feliz quando dois éramos nas noites de amar
Tenho apenas o vazio para olhar.
J.A. 2004

Anúncios

5 comentários sobre “Mais um poema bobo

  1. Se “minha alma canta
    ao ver o Rio de Janeiro”,
    ela também se renova
    ao ler seu blog…

    Vc é mt bom p escrever só num blog!
    Pense nisso !!!

    Curtir

  2. Oi meu lindo amigo
    Viu só como tem mais pessoas pensando como eu… rs
    Como sempre expressa muito bem o que vai em nossas almas em certos momentos da vida..
    beijo

    Curtir

  3. “Como é difícil buscar palavras quando o coração está vazio”.
    Puxa adorei esse poema que de bobo não tem nada!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s