Brasil: um país de analfabetos

Ao ler sobre os dados referentes à educação básica no Brasil constatei que nunca esteve tão atual o poema “O Analfabeto Político”, do Bertolt Brecht. A cada dia saem mais e mais notas alarmantes sobre o analfabetismo não apenas funcional, mas o absoluto, aquele em que a pessoa não consegue decodificar palavras e frases, ainda que em textos simples.

A título de ilustração, reproduzo trechos de algumas reportagens que sairam nos jornais nos últimos dias.

“Estudo mostra que 12% dos alunos de 1ª a 4ª série não sabem ler nem escrever

Maiá Menezes e Isabela Martin escrevem para ”O Globo”:

O resultado de um simples ditado, feito por uma professora do 4º ano do ensino fundamental (antiga 3ª série) numa escola municipal na Zona Oeste do Rio, revela o tamanho do fosso entre o que ensinam as lições no quadro-negro e o que aprende um aluno. Nesse caso, de 13 anos. Diante do som das palavras, relacionadas ao Natal, ele improvisou um alfabeto próprio, em nada semelhante às letras convencionais”.

“(…)A taxa de analfabetismo entre pessoas de 15 a 64 anos que freqüentam ou freqüentaram os primeiros cinco anos do ensino fundamental também atesta a ineficiência da rede escolar (…) Apenas 20% dos alunos que cursaram da 5a a 8asérie podem ser considerados plenamente alfabetizados, enquanto 26% ainda permanecem no nível rudimentar.

Além disso, a desigualdade econômica advém da precária educação, só faz aumentar a distância entre pobres e ricos no Brasil, tornando nosso país um campeão mundial no quesito desigualdade social.

O Analfabeto Político
Bertolt Brecht

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.

Anúncios

5 comentários sobre “Brasil: um país de analfabetos

  1. Antes demais nada, parabens pelo blog!
    E ao assunto do analfabetismo brasileiro, é ignorante dizer que muita gente não sabe desse fato.
    Governantes mais preocupados em discutir pontos propicios a eles, do que uma nova educaçao para o povo brasileiro, mas porque isso?!
    Os governantes não querem pessoas alfabetizadas nas ruas, escolas, praças pois, ela sendo alfabetizada ela tem o poder de ler, de escrever tudo aquilo que passa na sua cabeça, e fazer com isso, uma arma MUITO PODEROSA contra o governo!
    Feliz 2008!
    Seu blog está adicionado nos meus links!

    Curtir

  2. Eu não acredito mais na recuperação do Brasil,como potência tecnológica, pelo nmenos nos próximos 10 anos, disperdiçada a oportunidade nos anos 80, com a reserva de mercado, que travou o país nas trevas da evolução do silício, tentando reiventar a roda, com os projetos faraônicos dos militares, querendo re-inventar a roda do silício, equanto os TIGRES ASIÁTICOS, detonavam nas indústrias e no ensino em massa para o que realmente interessava, o país com domínio da tecnologia, e geração de empregos!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s