Habanera e Toreador


Para ouvir e entrar no clima

 

De vez em quando eu cismo com uma música ou um CD. Desta vez foi com um CD da Carmem, a ópera de Georges Bizet. Tanto é que vou dirigindo e ouvindo. Algumas árias são tão famosas que já fazem parte do nosso inconsciente. Lógico que o volume em que ouço é AOS BERROS. Nem sei se o guarda está apitando para parar o trânsito tal é a presença da orquestra. E olha que os alto-falantes são os mais simplezinhos do mercado.

Só é chato quando passo num buraco. É impressionante como nos damos conta dos buracos e calombos do asfalto quando temos um aparelho de CD no carro. E lá vai o barítono a bradar “TOREADOR!!! TORE…crash…blump…poing…(alguns segundos depois)…ADOR!!!” Nem dá para acompanhar a música! Tenho vontade de meter uma placa de chumbo no painel do carro e lá instalar o CD player.

Acho que instintivamente procurei saber mais a respeito de Prosper Merrimé, Carmem, Don José e George Bizet. Lendo um livro fiquei sabendo que Bizet morreu de desgosto por não ter obtido sucesso na estréia de Carmem. Falavam que sua ópera era muito Wagneriana. Quer dizer, utilizou técnicas desenvolvidas por Richard Wagner para dar sentido ao seu trabalho. Wagner foi o criador de uma novidade na ópera, o leitmotiv, ou seja, o fio condutor que dá aos personagens representações sonoras. Por isso que tanto nos lembramos de Escamillo, o Toreador de quem falei acima.

E prosseguimos quando a soprano canta as primeiras frases de Habanera… “L’amour est un oiseau rebelle…” Mais rebelde que o amor cantado são os solavancos que os buracos provocam. Não tem problema não. Ando devagar e consigo escutar os temas com perfeição e não sou multado por excesso de velocidade.

Veja o vídeo de La Habanera, com a soprano Julia Migenes e participação de Placido Domingo como D. José.

Veja o vídeo de Toreador, com o barítono Ruggero Raimondi

Anúncios

2 comentários sobre “Habanera e Toreador

  1. Camarada

    Há músicas que nos hipnotizam e ficm martelando nossa cabeça por dias. Explicação para isso ainda não encontrei, mas o que é lógico nesta vida que pensamos levar?

    O video La Habanera é demais!!!

    Um abraço
    Eduardo

    Curtir

  2. Sim, é verdade, Eduardo. Não apenas esta, mas tenho certeza que muitas outras músicas ficam em nossas cabeças durante muito tempo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s