Lady sings the blues

[sonific bbc815a65e1a86f93cb2c129f6f1ef12ef14b381]

Lembrando de uma contracapa de um antigo LP da Billie Holiday que meu pai comprara para ouvirmos juntos, li que ao morrer, a sua conta bancária tinha poucas dezenas de dólares. Fiquei imaginando como uma mulher que fora tão famosa e teve uma legião de fãs, a começar por Frank Sinatra, que ia aos night clubs para vê-la e ouvir cantar, pode morrer na miséria.

A miséria humana tem muitas origens e vertentes. Billie Holiday, ao que parece conheceu todas ou quase todas. Filhas de pais adolescentes, prostituição, drogas, maridos aproveitadores, que na verdade eram verdadeiros rufiões, casos amorosos de todos os matizes.

Tudo isso não importa e importa ao mesmo tempo. Para conhecermos e sabermos como determinada canção foi interpretada é fundamental conhecermos a vida de quem a interpretou e sendo Billie Holiday, se torna prioritário saber quem ela foi.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s