Trenzinho do Caipira

“Sim, sou brasileiro e bem brasileiro. Na minha música eu deixo cantar os rios e os mares deste grande Brasil. Eu não ponho mordaça na exuberância tropical de nossas florestas e dos nossos céus, que eu transponho instintivamente para tudo que escrevo.”

Heitor Villa-Lobos(1887-1959) criou um ciclo de nove composições intituladas Bachianas Brasileiras, nas quais identificou traços da música de J.S Bach na música folclórica do sertão brasileiro. Uma das mais conhecidas é o Trenzinho do Caipira, das Bachianas nº 2.

Veja a versão com violoncelos. Ainda tenho uma versão com voz (Edu Lobo) e instrumental (Egberto Gismonti), que você pode baixar ao clicar em cada um dos trens.

Lá vai o trem com o menino
Lá vai a vida a rodar
Lá vai ciranda e destino
Cidade noite a girar
Lá vai o trem sem destino
Pro dia novo encontrar
Correndo vai pela terra, vai pela serra, vai pelo mar
Cantando pela serra do luar
Correndo entre as estrelas a voar
No ar, no ar…

Como tudo no Brasil, que é feito por brasileiros é criticado por nós, Villa-Lobos foi visto como colaborador da ditadura Getulista durante o Estado Novo, justamente por se aproximar do governo no intuito de criar um desenvolvimento musical clássico para o Brasil. Os comícios no campo do Vasco – Estádio de São Januário – ao incluir o canto orfeônico entre as disciplinas do ensino médio. Cerca de 40 mil alunos participaram destes eventos cantando sob a batuta do maestro.

Além disso, foi o compositor de música erudita que mais se aproximou da música popular. Convivia com a dita malandragem da época, o início do século XX, quando conheceu vários compositores e se apaixonou pelo Chorinho.

Versão de Egberto Gismonti
Versão de Egberto Gismonti

Versão com letra de Ferreira Gullar e voz de Edu Lobo
Versão com letra de Ferreira Gullar e voz de Edu Lobo
Anúncios

10 comentários sobre “Trenzinho do Caipira

  1. Caro amigo;
    gostaria imensamene de receber por email as versões de Trenzinho do caipira na voz de Edu Lobo e no arranjo genial do Gismonti (é do Nó Caipira? – juro que eu tinha esse LP, em 1976, talvez).
    Agradeço muitíssimo.
    É a primeira vez que entro no Recanto das Palavras, mas estou muito feliz e vou virar freguês.
    É bom ver a grande rede sendo bem utilizada.

    Obrigado, um grande abraço.

    Curtir

  2. Miguel, fiz melhor. As músicas estão aí ao lado, na coluna da direita.

    A gravação do Egberto Gismonti é de 1987, e está no LP Trem Caipira.

    Seja sempre bem-vindo.

    Curtir

  3. Caro amigo Jorge Alberto;
    muitíssimo obrigado. É um presente maravilhoso para quem ama música.
    Como posso te enviar uma gravação que tenho da mesma obra na interpretação de Diana Pequeno, com mais um arranjo maravilhoso?

    Abração, Miguel

    Curtir

  4. Pode mandar para o endereço de e-mail, pelo qual te enviei uma mensagem ontem. Será muito-bem vindo.

    Curtir

  5. Gostaria de receber as versões de Trenzinho do caipira na voz de Edu Lobo e no arranjo genial do Gismonti
    Um grande abraço

    Curtir

  6. Caro Jorge Alberto,
    bela iniciativa essa sua, no entanto, para dar os merecidos créditos, faltou explicar que apenas a música é do Villa-Lobos. A letra, na verdade, é um pequeno trecho do poema autobiográfico de 1975 do nosso Ferreira Gullar – Poema Sujo. Nesse poema, escrito em Buenos Aires, quando Gullar ali estava exilado, ele descreve essa passagem e sugere que a mesma seja cantada com a Bachiana nº 2, da Tocata de Villa-Lobo. Quem nos possibilitou conhecer essa inusitada parceria musical, foi o Edu Lobo, que com sua competência, fez essa maravilhosa junção (música e letra) e deu o nome de Trenzinho do Caipira. Também, me parece, que ele foi o primeiro a gravá-la.
    Abraços e continue garimpando preciosidades

    Curtir

  7. Caríssimo Jorge Alberto,
    gostaria de receber as diversas versões do Trenzinho do Caipira para ouví-las e compará-las
    já li os comentarios anteriores e não consigo ver a imagem do trem à direita.
    se puder enviar-me, ficarei muito grato
    um forte abraço e parabens pelo belo trabalho realizado.
    william

    Curtir

  8. William,

    Por respeitar essas questões de direitos autorais, eu não disponibilizava as músicas aqui no post. Porém, acredito que os músicos não ficarão chateados caso mais pessoas venham a conhecer suas obras.

    Portanto, agora, você já pode ouvir as músicas ao clicar sobre os trens.

    Abraços

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s