O Não Pode

A vida está cheia de “não posso”.
Dá até raiva, sabia?
Raiva de saber que as coisas estão a seu alcance e não podem ser atingidas
Não pode comer, engorda!
Não pode fumar, câncer!
Não pode ir, medo!
Não pode ligar, ciúme!
Não pode comprar, duro!
Não pode ver, desprezo!
Não pode dizer a verdade, machuca!
Não pode dizer mentira, tem perna curta!
Não pode ser honesto, assusta!
Não pode ser desonesto, preso!
Não pode amar, sexo!
Não pode sexo, traição!
Não pode ter razão, incomoda!
Não pode gritar, perde a razão!
Não pode calar, chateia!
Não pode falar, joga pesado!
Não pode correr, multa!
Não pode querer, não quis!
Não pode ser, sociedade!
(J.A.1998)

Anúncios

Um comentário sobre “O Não Pode

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s