A Verdade Está Lá Fora

Sinceramente, o que é que temos de concreto para provar que há vida fora da Terra? Bom, temos apenas um pedregulho que foi encontrado na Antártida, que teria vindo de Marte há alguns milhões de anos, e que pode conter algumas formas de vida microscópicas. Ao que parece é a única prova concreta da possível existência de vida em outros planetas. Não faz muito tempo, os cientistas contam com a possibilidade de haver água em Europa, satélite de Júpiter, o que pode ser prenúncio de vida.Em verdade, até agora estamos procurando saber se estamos sós no universo, e a busca por contactar outras civilizações é um dos grandes projetos científicos da atualidade. Talvez seja a maior revolução já experimentada pela humanidade. Imaginem quantos dogmas religiosos e científicos serão suplantados quando houver o primeiro contato.

Acredito que todos nós temos esta pergunta, ou pelo menos a curiosidade em saber a respeito do que se está fazendo em relação a este contato. Como pode haver vida lá fora, quer dizer, em outros planetas? As condições básicas devem seguir o modelo que deu certo na Terra? Porque não se pode usar outro solvente de moléculas que não a água? Talvez exista uma civilização baseada em outro composto químico que não o carbono, assim como nós somos compostos? Em que momento da História começou a busca? Quais as teorias sobre o surgimento da vida em nosso planeta? Muitas perguntas, com certeza.

Quem estiver interessado, pode fazer parte deste grupo de busca, disponibilizando seu próprio computador ao entrar em contato com o projeto. Há uma série de programas que conectam sua casa aos rádios telescópios e contam com a supervisão de agências espaciais. Basta, para isso, fazer uma pesquisa na internet.

Como ilustração, indico o filme “Contato”, baseado em livro homônimo de Carl Sagan para que possamos ter a noção exata de como está sendo feito o Projeto SETI. Não que o filme conte a história do projeto, mas podemos visualizar os rádio telescópios e a parafernália utilizada.

As explicações de como estão sendo dirigidos e quais os objetivos do SETI, vão desmistificando muito daquilo que ficou no nosso imaginário, como os tais homenzinhos verdes, e as variações de personalidade que, nós humanos, transpomos para o que não conhecemos, mas espelhamos como sendo uma variação de nosso modo de viver.

Uma nova ciência surgiu há pouco tempo, a bioastronomia, que procura desvendar os enigmas do surgimento da vida na Terra e também formular hipóteses plausíveis para que saibamos mais a respeito desta nossa “solidão” no Universo.

(J.A. – 1999)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s